ter. jul 14th, 2020

Passa de Fase

Nostalgia sempre atual

Guia de conhecimento Gamer – Altered Beast

4 min read
Rieko Kodama
Makoto Uchida

Lançado inicialmente para os fliperamas em 1988, Altered Beast ganhou espaço quando recebeu um excelente port para o Mega Drive.

 

Desenvolvido por Makoto Uchida e Rieko Kodama, o game conta a história de um centurião que é ressuscitado por Zeus para cumprir uma nobre missão: salvar a deusa Atena das garras do maléfico Neff. Para isso, será necessário passar por diversos cenários, enfrentar criaturas mitológicas e claro, coletar as esferas capazes de dar poderes especiais ao nosso herói.

“Rise from your grave”

Hoje é muito comum diálogos em áudio, os personagens conversando e até dublado, mas na geração 8 e 16 bits, ficávamos impressionados com a simples abertura de Sonic ao ouvir a palavra “SEGAAAAA”.

Mas a Sega estava disposta a impressionar os jogadores

Diálogos em áudio são algo comum nos games da atualidade, mas nos anos 80 e 90, o conceito era muito futurista. Para demonstrar o poder do processador de áudio do seu novo console, a Sega lançou Altered Beast junto com o Mega Drive, algo que até então era algo impensável, visto que os videogames mais populares na época eram o Nes Famicom e o Sega Master System, além é claro do nosso querido Atari 2600.

Ao iniciar o jogo era possível ouvir Zeus dizendo para seu centurião “Raise from your grave” ou melhor, o que entendíamos era próximo de “Raiz Fonogrei”. Mas independente era impressionante ver um game com uma qualidade tão superior do que estávamos acostumados até então.

Qualidade Sega Mega Drive X Arcade

 

Pode não parecer, mas a versão do Mega Drive tinha uma grande vantagem a do arcade, apesar de graficamente, nos fliperamas era mais bonito, no console de 16 Bits da Sega o efeito parallax dava a impressão de um jogo mais fluido. O Gráfico era levemente inferior comparado aos fliperamas, mas não deixava nada a desejar. O efeito parallax contribuía para dar uma noção melhor de movimento e mostravam que a versão do Mega Drive possuía mais camadas de sprites.

Final surpreendente

 

Além dos gráficos, as versões possuíam um final diferente, enquanto no Mega Drive o centurião e Atena acabavam juntos, digno de uma novela das 21h, a versão para arcade possuía um encerramento completamente diferente que gerava uma certa decepção, pois ao terminar o jogo, era revelado com uma cena mostrando que tudo não passava de uma peça de teatro. Sim, tudo não se passava de uma performance teatral.

Versão não oficial tão boa (ou mais) que o original

Altered Beast era um game exclusivo para arcade que foi portado para os consoles da Sega (Master System e Mega Drive). Mas o que poucos sabem é que o jogo ganhou uma versão não oficial para o console rival, o Nintendinho. Apesar dessa versão ser muito inferior graficamente, o game destacava-se por possuir mais fases e novas feras que o game original.

Clique no botão de edição para alterar esse texto. Lorem ipsum dolor sit amet, consectetur adipiscing elit. Ut elit tellus, luctus nec ullamcorper mattis, pulvinar dapibus leo.
Facebook Comments

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado.