Um novo e empolgante rumor surgiu, alimentando a possibilidade de que a Nintendo esteja trabalhando no tão aguardado “Switch 2”. Documentos do processo de aquisição da Activision Blizzard pela FTC (Comissão Federal de Comércio) lançaram luz sobre a existência desse novo console da Nintendo, sugerindo que ele foi apresentado à Activision há mais de seis meses, no final de 2022.

A revelação veio à tona por meio de uma troca de e-mails divulgada pelo The Verge, que detalha uma reunião entre Shuntaro Furukawa, presidente da Nintendo, e executivos da Activision, incluindo Bobby Kotick, em dezembro. Entre os trechos não censurados, há uma observação de Chris Schnakenberg, vice-presidente de relações da Activision, sobre a performance do novo console da Nintendo. Ele afirma que o sucessor do Switch está “alinhado à 8ª geração”, o que o coloca em paridade com o PS4 e o Xbox One.

Schnakenberg também menciona que, devido a esse alinhamento próximo com as plataformas de 8ª geração em termos de desempenho, é razoável assumir que a Activision poderá criar algo atraente para o “Switch 2”. Além disso, os e-mails incluem discussões sobre o futuro da franquia Call of Duty nos consoles da Nintendo.

Em fevereiro deste ano, o presidente da Microsoft, Brad Smith, mencionou que, caso a aquisição da Activision Blizzard seja aprovada, há planos de trazer a franquia Call of Duty para os “dispositivos Nintendo”, embora não tenha especificado quais seriam esses dispositivos.

Embora essas informações sejam empolgantes, é importante ressaltar que se tratam de rumores e especulações, e a Nintendo ainda não confirmou oficialmente a existência do “Switch 2”. Os fãs terão que aguardar por um anúncio oficial para obter mais detalhes sobre o futuro dos consoles da empresa.