Segundo informações do site sul-coreano Ruliweb, a Sony oficialmente cancelou o lançamento de “Rise of The Ronin” na Coreia do Sul. A notícia surge após a remoção dos trailers do jogo no canal local da PlayStation, assim como seu desaparecimento na PS Store.

Embora a Sony não tenha dado uma explicação formal para o cancelamento, especula-se que ele esteja vinculado aos comentários do diretor Fumuhiko Yasuda sobre o intelectual japonês Yoshida Shōin. Este pensador teve um papel significativo no debate sobre a conquista japonesa do território coreano em 1873, sendo exaltado por Yasuda em um vídeo promocional.

“Assim que comecei a trabalhar em Rise of the Ronin, eu queria retratar seus ensinamentos e sua vida. Ele não era apenas um filósofo. Ele insistia na importância de tomar uma atitude”, comentou o diretor do jogo.

Embora a Coreia não tenha sido invadida à época do debate, o Japão ocupou o país em 1910, dominando-o por 35 anos. Naturalmente, Yoshida tornou-se uma figura polêmica para a população coreana, o que poderia justificar o cancelamento do jogo.

No restante do mundo, “Rise of the Ronin” mantém seu lançamento programado para 22 de março, sendo exclusivo para o PlayStation 5. Recentemente, o jogo recebeu detalhes de gameplay em uma transmissão da Sony; confira mais informações. #RiseofTheRonin #SonyGames #CancelamentoDeLançamento #PolêmicaHistórica